• Ramy Arany

A Busca do Homem Ideal e o Mito do Príncipe Encantado

Atualizado: Jun 18



Quantas mulheres se apaixonam perdidamente por homens que no início parecem maravilhosos, pois elas os acham bonitos, interessantes, inteligentes, amáveis, cavalheiros, com afinidades mil, correspondidas, amadas, enfim, “o verdadeiro príncipe encantado”. O tempo vai passando, muitas vezes chegam a se casar ou morar junto, e tudo o que era maravilhoso começa a perder o brilho, o interesse; a afinidade já não é assim tão grande, ele já não é mais tão bonito, interessante, muito menos cavalheiro, e o sonho do príncipe encantado começa a se transformar no pesadelo do sapo.


Todo o relacionamento no início é muito mais vibrante, ativo, onde um sente a falta do outro de forma mais presente, querem mais tempo para estarem juntos, para melhor se conhecerem, maior intimidade e necessitam ficar mais a sós. Porém, isto não significa que será assim para sempre, pois na natureza tudo muda constantemente; desta forma, o que é necessário ser entendido é que o relacionamento passa por transformações contínuas, porém, quando o amor é verdadeiro, este acompanha as transformações se transformando também.

"O modelo de homem ideal, que também é o modelo do príncipe encantado, se encontra dentro de cada mulher e é parte das suas expectativas, sonhos, idealizações e também carências."

Muitas vezes o homem pode realmente se mostrar de um jeito no início e depois se mostrar totalmente diferente, ou com situações graves de caráter ou tendências mentais perigosas. Isto de fato existe. Porém, não é sobre isto que o artigo está tratando, mas sim sobre a tendência das mulheres em buscar o homem ideal no mito do príncipe encantado e depois se desencantarem e sofrerem a frustração de uma relação com o “sapo”.


O fato é que o modelo de homem ideal, que também é o modelo do príncipe encantado, se encontra dentro de cada mulher e é parte das suas expectativas, sonhos, idealizações e também carências. Muitas mulheres sonham com o homem ideal e o idealizam de forma que fica inatingível realizar o sonho de encontrá-lo. Projetam seus modelos e criam uma forma imaginária de homem e de relacionamento que atinjam suas expectativas.


O resultado disto é frustração, solidão e desencanto. Isto também tem a ver com o dito popular: “Quem eu quero não me quer, quem me quer mandei embora”, pois a tendência é de desejar aquele que não está interessado por achar que ele é o homem ideal, e desprezar o outro que tem interesse por não atender os padrões de expectativas. Despreza o sapo, que na realidade pode ser o príncipe encantado, quando o véu das expectativas é tirado da visão.

"O homem ideal ou o príncipe encantado, que é pronto e perfeito não existe."

Se a mulher souber reconhecer as verdadeiras qualidades em um homem quer seja seu companheiro ou alguém interessado e também souber construir a relação durante os anos que se passam, sustentando o amor de forma madura através das transformações que a vida vai nos pedindo, com certeza conseguirá chegar no “felizes para sempre”! Eu penso que relacionamento é construído a dois, portanto, é necessário que esta consciência seja em ambos.


Finalizando, penso que o homem ideal ou o príncipe encantado, que é pronto e perfeito não existe. Contudo, acredito em sapos que se transformam em companheiros maravilhosos ao longo de uma relação verdadeira e sustentada através de um amor maduro, sem véus de ilusões!




O que fazer quando o príncipe vira sapo?


Este mito (do príncipe encantado) existe no inconsciente feminino e é um dos principais causadores da desilusão amorosa, pois se a mulher conhece um homem e busca nele encontrar o ideal do príncipe encantado, corre o risco de encontrar o sapo. Este é um momento muito difícil para a mulher pois ela terá que lidar com a desilusão, com a decepção e com a crença de nunca encontrar o homem ideal. Nesta hora é preciso observar o que era ilusão e o que é realidade. Quando a mulher se propõe a vencer suas ilusões pode encontrar o sapo e transformá-lo em príncipe, aceitando o jeito que ele é, como ele é. Assim, penso que é preciso ser bem verdadeira consigo mesma e verificar suas escolhas.



Como identificar se o príncipe está virando um sapo?


No começo as ilusões estão com força total e a mulher pode estar temporariamente envolvida por elas, vislumbrando seus desejos projetados no homem que ela julga ser o príncipe encantado. Porém, com o passar do tempo, a mulher começa a observar coisas que antes ela não estava observando, principalmente sobre o comportamento dele. É neste momento que a imagem do príncipe começa a ser desconstruída, pois começam a aparecer as mentiras, as “enroladas”, a agressividade, a fala que não bate com as ações, o ciúmes doentio, as ameaças emocionais, dentre outros conteúdos até mais perigosos. É comum a fala “No começo ele não era deste jeito, mas com o passar do tempo ele foi ficando assim”. A principal dica é: veja se o que ele fala e promete, bate com o que ele faz, com o que ele mostra através do comportamento.



Se não houver mais príncipes não haverá mais sapos!


Penso que hoje as mulheres têm uma condição muito maior de esclarecimento e maturidade para não se guiarem a partir da ilusão do príncipe encantado. Se não houver mais príncipes não haverá mais sapos. Desta forma, o início de uma relação começará sustentada por uma observação lúcida e, portanto, real da mulher para com o homem. Infelizmente muitas mulheres ainda hoje sofrem por conta desta ilusão de encontrarem o homem ideal. O homem ideal é aquele que sustenta valores que são compatíveis numa relação. As mulheres precisam observar com uma grande lente de aumento o caráter, os valores, a consciência dos homens com os quais se relacionam. Dar o tempo para que as coisas se mostrem e terem bem os pés no chão. Não idealizar a imagem dos homens, mas sim vê-los como de fato eles são. Isto só o tempo é que vai trazer, vai mostrar.



Ramy Arany

Posts recentes

Ver tudo

Mulheres que não acreditam no seu potencial

Revisado: 12/09/2020 Durante muito tempo as mulheres foram consideradas inferiores em todos os sentidos e isto se evidenciava quando comparadas aos homens. Houve um tempo em que a sociedade científica

CONTATO

R. João Mafra, 605 | Jardim da Saúde - SP

(11) 5062-0024  

  • ícone whatsapp
  • ícone facebook
  • ícone instagram
  • ícone youtube
  • ícone links

Copyright © 2020 ANovaMulher. Todos os direitos reservados.